Efeito Sanfona: Entenda as Causas!

Isso é uma coisa que vive se repetindo no discurso e conselho de todos os médicos e especialistas quando o assunto é emagrecer: emagrecer é reeducar o corpo.

As pessoas que estão acima do peso, estão sempre procurando emagrecer a qualquer custo, e o mais rápido possível. Muitos adquiriram hábitos absurdos e acreditam que o esforço a curto prazo valerá a pena. São vários métodos, dietas restritivas, remédios, enfim, tudo o que for necessário para perder peso, mas no fim não adianta nada.

E por que? A resposta é simples: o corpo perde peso, mas não adquiri hábitos saudáveis para manter o peso ideal de uma hora para outra.

Hoje em dia, há muitas informações sobre emagrecimento na internet, no rádio, na televisão, e apesar de ser bom manter as pessoas informadas, isso pode trazer consequências sérias para quem recebe. Por exemplo: quando um vendedor está falando sobre seu produto em algum canal de vendas na televisão, ele não diz os efeitos colaterais ou que é necessário acompanhamento médico para utiliza-lo; apenas fala sobre os benefícios do seu produto e do quanto pode ser útil para o consumidor.

É dessa forma, comprando produtos para emagrecer e confiando em métodos viralizados na internet, que muitas pessoas acabam perdendo e ganhando peso rapidamente, causando o desagradável efeito sanfona.
Conheça as principais causas deste efeito.

1- Dietas milagrosas

A maioria das dietas destacadas em blogs e revistas promete fazer uma pessoa emagrecer em poucos dias. Muitas são por redução de calorias, alimentações diet e light e restrições alimentares. Fazendo esse tipo de dieta, realmente é possível perder peso rápido, mas não se trata de uma reeducação alimentar, por isso o corpo sofrerá com as restrições impostas a ele. Além desse tipo de dieta fazer mal à saúde, seus resultados não são bons, pois o corpo voltará ao peso de antes. Outro ponto negativo é que, ao parar de comer alimentos que gosta ou até passar fome, a pessoa fica desanimada e desmotivada.

2- Remédios para emagrecer

Sem dúvida, é um dos maiores erros cometidos pelas pessoas. Os remédios para emagrecer diminuem a velocidade do metabolismo, alteram hormônios e prejudicam o corpo. Além disso, eles de nada adiantam se não forem acompanhados de uma reeducação alimentar e exercícios físicos, mas geralmente as pessoas optam pelos remédios justamente acreditando que poderão emagrecer rápido e sem esforço. Por isso, é necessário consultar um médico antes de começar a tomar remédios para emagrecer ou mesmo suplementos.

3- Dieta a base de light, diet e adoçantes

Já vi muitas pessoas dizendo que preferem adoçantes ou alimentos light e diet afirmando que fazem bem a saúde, mas é justamente o contrário, estas substâncias fazem muito mal. Para melhorar o sabor destes alimentos, a indústria aumentou a quantidade de sal e gorduras hidrogenadas, além de adoçantes.

Uma pesquisa concluiu que os adoçantes também podem fazer uma pessoa engordar, porque aumentam a absorção de açúcar e este é transformado em gordura. Ou seja: não é a opção mais saudável para emagrecer.

4- Ficar sem comer

Dietas muito restritivas e jejum não fazem uma pessoa perder peso. Isso porque o corpo sente a necessidade de recuperar o peso perdido, então passamos a ter mais fome, o que torna mais difícil resistir às tentações, como alimentos gordurosos, lanches e doces.

5- Se permitir no final de semana

Creio que essa seja a forma mais fácil de entender como funciona o efeito sanfona. Seguir rigorosamente uma dieta e praticar exercícios físicos regularmente e no final de semana comer tudo o que deseja sem restrição alguma faz com que a pessoa perca e ganhe peso sem controle.

É por esses e por vários outros motivos que consultar um médico se torna tão importante. Ele dirá exatamente que tipo de dieta deve seguir, se deve e qual remédio tomar, e ainda dará muitas informações a respeito da reeducação alimentar, tão importante para o corpo.

Gostou das informações? Esperamos que você também se livre do efeito sanfona!